Como viajar barato no Dubai

Os Emirados Árabes Unidos são conhecidos por seus inúmeros centros comerciais, hotéis de luxo e projectos arquitectónicos que custam milhões de Euros.

Assim à primeira vista, viajar nos Emirados Árabes de forma barata está fora de questão. Parece que tudo é feito para nos fazer gastar dinheiro.

Claro que, isto resulta de uma política turística afirmada dos próprios Emirados, em que se querem tornar num destino de viagem de luxo.

O Dubai por exemplo, quer atrair mais pessoas com alto poder de compra para aumentar o gasto médio por visitante.

De qualquer maneira, é possível viajar no Dubai barato sem gastar muito dinheiro. É possível fazer férias no Dubai com 30 a 50 Euros diários.

Até onde consegue esticar a sua carteira? Vamos ver.

Dubai Barato

1

Viaje fora da época alta

Como em todos os lugares do mundo, o Dubai fica muito mais caro durante a época de férias. Ou seja, durante a época baixa que são os meses de Verão, os preços de alojamento baixam abruptamente. Consegue hotéis de 2 estrelas por 20 Euros por noite e hotéis de 5 estrelas por 40 até 50 Euros por noite.

Viajar barato no Dubai
Viajar barato no Dubai

2

Durma num bairro não luxuoso

Se o que procura é poupar e gastar menos dinheiro nas suas férias no Dubai, é importante não ficar numa zona luxuosa da cidade. Há sempre estações de metro e é super fácil chegar a todos os lugares da cidade confortavelmente em poucos minutos com o sistema de transportes públicos. Claro que, para poupar dinheiro é melhor escolher um hotel mais barato. Reserve um hotel em Deira ou em Burjuman por exemplo.

 Durma num bairro não luxuoso
Durma num bairro não luxuoso

3

Utilize transportes públicos

Ir de táxi desde o aeroporto até ao seu hotel custa pelo menos uns 30 Euros. Mas, se apanhar o Metro, só gastará 1 Euro. Seja esperto, estude o mapa do metro do Dubai e veja onde pode chegar sempre de transportes públicos. Atravessar o lindo Dubai Creek de barco só custa 0.25 Euros.

Dubai Creek
Dubai Creek

4

Coma em restaurantes paquistaneses ou em food courts

Como é sabido, os trabalhadores paquistaneses e indianos no Dubai, não ganham muito dinheiro. Ou seja, como também eles precisam de comer, há imensos restaurantes e pequenos snacks, dedicados a este tipo de cliente. Consegue um menu completo por menos de 5 Euros, ou algo mais leve por uns meros 2.5 Euros. Tudo depende do que você comer. Outra opção é comer em food courts dos vários centros comerciais espalhados pela cidade.

Food court
Food court

5

Faça passeios e actividades grátis

Há vários museus no Dubai que são grátis. Há ainda muitos lugares bonitos, que são públicos e não precisam de nenhum bilhete. Deixamos aqui agora uma lista rápida de coisas gratuitas para fazer no Dubai.

Bairro de Al Fahidi no Dubai
Bairro de Al Fahidi

Actividades grátis no Dubai

Viagem de barco no Dubai Creek: Atravessar o lindo Dubai Creek de barco “abra” é uma das experiências mais marcantes de uma viagem ao Dubai. Apesar de não ser grátis, só custa 0.25 Euros.

Bairro Histórico Al Bastakiya: O fantástico bairro histórico do Dubai delicia os visitantes com arquitectura tradicional e ruelas de mistério e ambiente exótico.

Heritage Village: Explore o bairro histórico do Dubai com exposições de ceramistas e outros artesãos de ofícios tradicionais. Sábado – Quinta das 08:30 às 22:00; Sexta-feira 15:30 – 22:00 » Site Oficial.

Dubai Marina: passeie pela fabulosa Marina do Dubai, rodeada por prédios muito altos. A altura do por do Sol é linda já que poderá apreciar a altura em que as luzes dos edifícios começam a acender.

Dubai Museum e Forte Al Fahidi: Dois locais para não perder durante uma visita ao Dubai. O Forte Dubai está situado a sul do Dubai Creek, na área de Al Souk Al Kabir. Foi construído em 1787 como as instalações do monarca e sistema defensivo » Site Oficial.

Dubai Mall: este é um dos maiores centros comerciais do mundo, por isso não é muito difícil nos perdermos neste local durante várias horas. Não perca a zona das lojas de ouro, e o ringue de patinagem, o cascata com esculturas e o Dubai Aquarium.

Jumeirah Public Beach: praia pública com vista para o famoso Burj Al Arab.

Museu do Camelo: Domingo a Quinta-feira – das 8:00 às 14:00. O museu está localizado no distrito histórico de Al Shandagha, nas margens do Dubai Creek.

Museu do Cavalo: Domingo a Quinta-feira – das 8:00 às 14:00. O museu está localizado no distrito histórico de Al Shandagha, nas margens do Dubai Creek.

Museu Al Oqaili: Domingo a Quinta-feira – das 8:00 às 14:00. O museu está localizado no bairro histórico de Al Ras, nas margens do Dubai Creek e ao lado do Mercado das Especiarias.

Museu da Moeda: Domingo a Quinta-feira – das 8:00 às 14:00. O museu está localizado no distrito histórico de Al Fahidi, perto da corte de Sua Alteza o Governante e ao longo da rua Al Seef no Big Souk (Mercado) em Bur Dubai.

Museu do Falcão: De domingo a quinta-feira: das 7:00 às 18:00. Na área de Nad Al Sheba, perto do Plaza Hotel.

Santuário de Vida Selvagem Ras Al Khor: oferece observação de três tipos de aves em locais estratégicos para dar aos visitantes uma visão mais próxima dos pássaros e outros animais selvagens na área. A entrada é grátis para todos. Horários (Out-Mar): das 7:30 às 17:30, nos dias úteis. Sexta-feira: das 14:00 às 17:30. Horários (Abr-Set): 6:00-18:00, durante a semana. Sextas: das 14:00 às 18:00 » Site Oficial.

The Dubai Fountains: Uma das coisas mais populares para fazer no Dubai de graça é assistir ao espectáculo das fontes fora do Dubai Mall. Melhor é esperar até ao anoitecer já que a fonte mistura cor, som e luz. Há um show a cada 30 minutos.

Jumeirah Corniche: Tem à sua disposição cerca de 14 km de passeio à beira mar, que vai do Dubai Marine Beach Resort até ao Burj Al Arab Hotel.

Mercados: O concorrido e antigo souk no distrito de Deira é um dos locais mais populares para visitar em Dubai. Lado norte de Deira, perto da estação de metro Ras Metro Station 1.

Luta livre Pehlwani: Todas as Sextas-feiras, na areia atrás do Mercado do Peixe de Deira, depois das 17 horas, centenas de trabalhadores indianos, paquistaneses e bengaleses reúnem-se para observar combates de luta Pehlwani.