A Geografia dos Emirados Árabes Unidos

A geografia dos Emirados Árabes Unidos conta com a área territorial de 82 880 Km2, sendo que este país faz parte da Federação de Sete Emirados (constituída a 2 de Dezembro de 1971), composta por várias monarquias autónomas, nomeadamente Abu Dhabi (ou Abu Zaby), Ajman, Ash Shariqah (ou Sharjah), Dubai, Al-Fujayrah, Ra’s al-Khaymah e Umm al-Qaywayn.

Encontra-se localizado na Costa Oriental da Península Arábica, e faz fronteira a Noroeste com o Qatar, a Oeste e a Sul com a Arábia Saudita, a Leste com o Oman, tal como é banhado a Norte com o Golfo Pérsico e a Nordeste com o Golfo do Oman. O cenário paisagístico é composto por uma imensa planície costeira, a qual é plana e pouco fértil para a prática da agricultura, uma vez que se interliga com várias dunas de areia, provenientes do Deserto Rub’al-Khali.

Podemos dizer que os Emirados Árabes Unidos, na sua generalidade, são constítuidos por um grande território desértico, composto por imensos areais, tal como por salinas.

Desde a fronteira com o Oman (a Sudeste), estendendo-se para a fronteira Norte, até à Península de Musandam, encontramos as Montanhas al-Hajar na zona leste do país.

É aqui que encontramos o ponto mais alto dos Emirados Árabes Unidos, ilustrado pelo Monte do Jabal Bil Ays, com 1910 metros de altitude, o qual fica situado, mais propriamente, a Sul do Estreito de Ormuz (onde está localizada um ponto importante de petróleo, que fornece o mundo inteiro).

As principais cidades deste país são o Dubai, Abu Dhabi, Sharjah e Al Ain, que naturalmente são os pontos onde estão localizadas os maiores grupos populacionais.

Apesar de existirem rios, praticamente não existem, devido à pouca precipitação e calor presente no país. Assim, a pouca presença de água é ilustrada por pequenos óasis, nos quais encontramos palmeiras e tamareiras.